Formação Pré-COP 27, parte 7: juventude, periferia e luta climática

Como se preparar para a Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática? Hoje a gente fala do último encontro dessa jornada, com Thiago (LabJaca), Mahryan (Perifa Sustentável), Matthew (Fervura no Clima) e Paulo (Amazônia de Pé)

Por Amanda Costa

Fala minhas lindezas climáticas, bele? 🙂

Chegamos ao terceiro e último encontro da formação da Viração + UNICEF sobre a COP 27, a Conferência sobre mudanças climáticas da ONU.

Dessa vez, recebemos 4 facilitadores:

Thiago Nascimento, do Labjaca / Mahryan Sampaio, do Instituto Perifa Sustentável / Matthew Shirts, do Fervura no Clima / Paulo Ricardo, do Amazônia de Pé.

Começamos o encontro escutando o Thiago, fundador do Lab Jaca, que contou que a organização foi criada durante a pandemia. Ele reuniu uma galera para:

  • Desafiar o estereótipo que a mídia tem em relação a favela;
  • Falar dos dados da periferia;
  • Não ser apenas objeto de estudo, mas protagonista do próprio conhecimento.
  • Comunicar dentro da comunidade, sem ficar preso apenas nas redes sociais (ex: com carro de som, faixas)
  • Realizar ações comunitárias para apresentar relatórios (ex: Feijoada com dados).

Percebeu a importância da gente contar nossas próprias histórias?

Logo em seguida ouvimos a Mahryan Sampaio, uma das diretoras do Instituto Perifa Sustentável e colunista do Um Só Planeta. De acordo com Mahryan, é impossível falar de clima sem falar de raça. A comunicação climática foi embranquecida durante muuuuuito tempo, desse modo, nos reconhecer dentro da pauta é um processo poderoso, impactante e com grande potencial de transformação do debate.

A visão da crise climática foi europeizada, isto é, carrega a perspectiva majoritária de tomadores de decisão homens, do continente europeu. No entanto, são os corpos como os nossos, de jovens pretos e latinos do sul global, que serão os primeiros a sentirem os impactos da crise climática.

“Meio ambiente tem que ser pensado a partir do viés das pessoas. Precisamos nos enxergar enquanto ativistas climáticos para lutar contra os estigmas contra o meio ambiente.”

Mahryan Sampaio

Após a Mahryan recebemos meu querido amigo Matthew Shirts, fundador do Fervura no Clima e um comunicador renomado da pauta climática. Matt falou da importância de falar de clima com humor, ciência e arte, aproveitando cada oportunidade que teremos na COP para contar para o mundão o que realmente rola naquele espaço.

Se liga nessas dicas babado:

  • Entreviste pessoas que estão realmente dispostas a serem ouvidas;
  • Produza um conteúdo genial com esse povo;
  • Converse com pessoas de diferentes países (você pode perguntar como a questão climática está afetando o país do seu entrevistado);
  • Traga humor, ciência e arte para a sua comunicação 🙂

Por fim, ouvimos o Paulo Ricardo, ex-coordenador do Grupo de Trabalho sobre Clima no Engajamundo e atual coordenador da campanha Amazônia de Pé, do NOSSAS.

Paulo trouxe que a COP é um processo elitista, com preços exorbitantes de hospedagem e que traz uma dificuldade enorme para credenciar delegados jovens. Mas enquanto membros da sociedade civil engajada, precisamos também ocupar esse tipo de espaço, pois é lá que acordos sobre o nosso futuro acontecem.

Para ter uma participação efetiva, podemos utilizar as técnicas de comunicação, lobby e ativismo, com o objetivo de:

  • Furar a bolha para ampliar o alcance da mensagem;
  • Pressionar os tomadores de decisão em prol da justiça climática e
  • Realizar ações para chamar a atenção da pauta.

A COP é um super marco, mas é importante lembrar que as transformações reais não ocorrem lá, mas sim na base. Muitas comunidades, favelas e aldeias já desenvolveram a solução para esse problema tão urgente e emergente e só precisam que os grandes líderes as escutem!

Querida lindeza climática, no próximo mês estarei no Egito, compartilhando informações sobre os eventos, lançamento de relatórios e contando as fofoquinhas ativistas para você ficar por dentro de tudo que está rolando. Me siga no insta @souamandacosta para saber de tuuudo!

Espero que essa sequência de artigos tenha te ajudado, 13 beijos <3

Leia os textos anteriores:

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *