As tradições de uma das festas mais culturais do Brasil: O SÃO JOÃO

Que a festa junina é um dos maiores elementos culturais do nosso país, você provavelmente já sabe. Mas, que tal conhecer mais de perto as tradições que embalam uma das épocas mais coloridas, alegres e culturais que nós temos? Separa o milho, a canjica e pode dar play na playlist de forró, simbora!

Por Raika França

Na cultura popular de nosso país, o São João é um dos grandes protagonistas. Além de ter sua imensa representação cultural, a época carrega consigo grandes elementos históricos, religiosos e mitológicos.

Os festejos juninos seguem o calendário litúrgico da Igreja católica que na transição da Idade antiga para a Idade Média tornou-se substituto dos rituais que eram dedicados aos deuses romanos, gregos, nórdicos e médio-orientais. De acordo com este calendário litúrgico, durante o mês de junho são comemorados os dias de Santo Antônio 13, São João 24 e São Pedro 29. Nas capitais nordestinas Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Salvador (BA), e Recife (PE) e também nas cidades de Caruaru (PE) e Campina Grande (PB) as datas são consideradas feriado.

Foto: Tarcísio Camelo / São João do Recife. Sítio da Trindade.

No nordeste brasileiro estão localizadas as maiores festas juninas do Brasil. Pois, é nesta região onde estão concentrados os maiores elementos culturais que representam a tradição do São João. Se você não conhece as tradições da melhor época do ano, continua por aqui!

Os meses de junho e julho são meses geralmente chuvosos na região nordeste, fazendo com que as plantações estejam dando ótimos frutos. Não é atoa que uma das grandes características desta época são as típicas comidas de milho, como: canjica, munguzá, pamonha, bolo de milho, milho assado, cozido e seus tantos e tantos derivados.

A tradição da fogueira junina ainda é muito viva nas cidades nordestinas. É muito comum encontrar ruas e ruas lotadas de fogueiras nas vésperas dos dias dos santos juninos, principalmente nas cidades do interior. Muitas famílias se reúnem a beira da fogueira para assar milho e dançar forró. A decoração de bandeiras coloridas, balões juninos e fitas também dão o tom especial de São João nas cidades. Inclusive, em muitas delas é comum existir concursos das ruas mais decoradas.

Outra belíssima característica dos festejos juninos são as quadrilhas, que a cada ano superam as expectativas do público com sua grandiosidade de detalhes e energia única. Os concursos de quadrilhas estilizadas estão cada vez maiores e exigem de uma imensa preparação de todos que fazem o espetáculo com duração média de trinta minutos, para contar com muita criatividade a história dos noivos e protagonistas.

É muito importante ressaltar que cada estado nordestino tem também suas próprias tradições. O que não falta no São João é pluralidade!

Nas grandes cidades, a tradição são as maratonas de shows que levam o período junino, com programações recheadas de grandes atrações. Por exemplo, na cidade de Caruaru em Pernambuco, conhecida como a capital do forró, o São João 2024 terá a duração de 72 dias. Os festejos tiveram início no dia 19 de abril e seguem até o dia 29 de junho, com atrações de diversos ritmos musicais.

A tradição junina segue e está cada vez mais viva na identidade cultural do Brasil. Que o Nordeste apresente está cultura cada vez mais ao restante de nosso país e do mundo. A cultura nordestina carrega identidade, força e acima de tudo representatividade.
Viva São João!

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *