Acompanhe as XXX Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental na AJN

Secretário de Estado do Ambiente preside XXX Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental com presença de mais de 230 líderes, especialistas e educadores ambientais

18 de abril de 2024

As Caldas da Rainha vão tornar-se, entre os dias 19 e 21 de abril, o centro de discussão nacional sobre os desafios da Educação Ambiental em Portugal e na CPLP, com o acolhimento das XXX Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental, organizadas pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA), em parceria com o Município das Caldas da Rainha e o Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha e com o apoio de outras ONGA e instituições.

Já estão confirmados mais de 230 líderes, especialistas e educadores ambientais, provenientes de 9 países diferentes: Angola, Brasil, Cabo Verde, Espanha, França, Guiné-Bissau, Itália, Moçambique e Portugal.

A edição deste ano está subordinada ao tema “Territórios e Políticas de Proximidade: Desafios e Oportunidades”, e o intenso programa conta com a realização de 2 painéis, 2 mesas redondas, 4 atividades fora de porta, 4 visitas e atividades com comunidades, 11 oficinas e apresentação de 42 comunicações orais breves e 5 recursos pedagógicos.

A cerimónia de abertura no dia 19 de abril às 14h00 vai ser presidida pelo Secretário de Estado do Ambiente, Emídio Sousa, e conta, ainda, com as seguintes personalidades:

Vice-Presidente do Município das Caldas da Rainha | Joaquim Beato

Presidente da Associação Portuguesa de Educação Ambiental | Joaquim Ramos Pinto

Vice-presidente do Conselho Diretivo da CCDRLVT, IP | José Manuel Alho 

Diretor do Departamento de Comunicação e Cidadania Ambiental da Agência Portuguesa do Ambiente | Francisco Teixeira

Delegado Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo | Pedro Florêncio

Direção-Geral da Educação | Sílvia Castro

Diretor do Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha | Mário Branquinho

Os principais destaques do evento são:

  • Painel Educação Ambiental: Territórios e Políticas de Proximidade (dia 19 às 14h45) – Especialistas em Educação Ambiental e geodiversidade trazem-nos olhares do campo académico e da gestão de territórios de interesse geológico e biológico para o trabalho de aproximação das populações;
  • Mesa Redonda: Educação ambiental no âmbito do protocolo ME / MAAC (dia 19 às 16h30) – Balanço da atividade dos professores em mobilidade estatutária, no âmbito do protocolo entre o Ministério da Educação e o Ministério do Ambiente que permite a sua integração nas associações ambientais na promoção e visibilidade das políticas de Educação Ambiental; 
  • Mesa Redonda: Educação ambiental nos países e comunidades de língua portuguesa: contributos para o VIII Congresso Lusófono de Educação Ambiental (dia 19 às 18h) – A REDELUSO promove, a cada dois anos, o Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa. O próximo realiza-se de 21 a 25 de julho de 2025, em Manaus no Brasil. 

As Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental vão acolher ainda o evento de disseminação do projeto VIRAL, com um painel dedicado à “Inovação educativa nas respostas à emergência climática”. O projeto VIRAL tem o objetivo de promover a reflexão de estudantes e professoras/es em termos de práticas ambientais individuais e as transformações coletivas na escola e comunidade. 

De forma a comemorar a 30º edição, o evento vai contar com uma cerimónia de reconhecimento a todas as pessoas que contribuíram para a fundação e desenvolvimento da ASPEA através dos corpos sociais, colaboradores e voluntários. 

As Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental têm por objetivo promover práticas sustentáveis, compartilhar o conhecimento entre os participantes e promover a reflexão, a discussão e a tomada de decisão, no que se refere às ações pedagógicas sobre causas de alterações climáticas, proteção da biodiversidade e proteção do território e da paisagem.

À semelhança de outros anos, a Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) tem vindo a promover, descentralizadamente, as Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental em Portugal, com periodicidade anual e temáticas diversificadas. As XXX Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental contam com o apoio da GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), Associação PATO (Associação de Defesa do Paul de Tornada), QUERCUS, LPN (Liga para a Proteção da Natureza),  SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), SPECO (Sociedade Portuguesa de Ecologia), Geoparque do Oeste, Águas do Tejo Atlântico e com cofinanciamento do programa Eramus+. 

O programa está disponível aqui e as inscrições podem ser feitas neste link.

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *