A saudade que deixa marcas na juventude que busca propósito

Os jovens, nos corpos de meninos e meninas que se despendem do lugar que nasceram, da adolescência, dos seus afetos mais românticos para se entregarem ao propósito. 

Por Mariana Nunes Santos Gomes

O que você deixou para trás para ir em busca de um propósito? 
Depois de um bom tempo sem escrever por aqui, retorno para conversar com você sobre as dores e delícias que é a vida de quem saiu do seu local de origem para alcançar novos voos. Todas as pessoas em algum momento, perguntaram sobre o propósito. Em outras formas, há quem chame de missão, sonho, objetivo, meta e dentre outros codinomes.

O propósito tem o significado individual e escolhemos o nosso. Carregado de caminhos desconhecidos, frios na barriga, visualizações imaginárias, conquistas e desafetos, o motivo que nos questiona inicialmente pode nos dar um norte para o futuro. Assim como eu, há dois anos, me despedi fisicamente da Bahia, do meu templo sagrado e outros jovens ativistas partiram dos seus locais de origem também.

Fonte: Freepik

O que você queria ser quando crescer?

Nos fizeram essa pergunta na infância, o que você queria ser? Eu quis por um tempo ser cantora, ganhei instrumentos musicais que se tornaram memoráveis, nunca esqueci do violão rosa brilhante e do teclado azul que aprendi a tirar as primeiras notas musicais. Quis ser médica, não sabia se seria psiquiatra ou ginecologista, com isso o objetivo era estar na saúde mental e cuidar de mulheres. 

Na rota, descobri uma política nata, uma política social com o misto de ativismo, psicologia, diplomacia e administração. Fundei uma ONG que abraça tudo isso e muito mais! Um psicanalista famoso chamado Sigmund Freud dizia:

O sonho representa a realização de um desejo.

O “sonhar” tem inúmeros significados. Existe o sonho que corresponde deitar-se, fechar os olhos e entrar no mundo inconsciente. Há o sonho atrelado ao desejo de uma conquista ou realização. O ato de sonhar é profundo, nos coloca no lugar de humanos que têm asas atreladas à imaginação. 

E você? O que você queria ser quando crescer?

Os encontros 

As ligações que a vida nos permite ter são chamadas de encontros. É possível que os encontros sejam caminhos trilhados para chegar ao propósito, olhar para eles é importante! As ligações antigas não deixaram de existir, nós ressignificamos! 

Eu as enxergo como passado que transpõe o presente e que permite aprendizado para o futuro. Os encontros, podem ser com você, com amigos, familiares, com lugares visitados e até reencontros. Como jovens, passamos por fases diversas, nos encontramos em versões diferentes de si, desde que o mundo é mundo!

Os encontros podem nos apresentar a liberdade, essa que não permite aprisionamentos. 

E você…. Quais as suas ligações marcantes? Como você olha para elas? É com amor? É com dor? É um pouco de tudo? 

Os desencontros 

Os desenlaces muitas vezes inevitáveis são chamados de desencontros e despedidas. 
Como se deram as despedidas que você teve na vida?
A juventude, abraçada pela causa social é revestida de desencontros, seja do tempo, pessoas ou circunstâncias. Gosto da música Encontros e Despedidas do cantor Milton Nascimento que diz:

Tem gente que chega prá ficar

Tem gente que vai

Prá nunca mais…

Tem gente que vem e quer voltar

Tem gente que vai, quer ficar

Tem gente que veio só olhar

Tem gente a sorrir e a chorar

E assim chegar e partir…

Em transições nos encontramos e nos desencontramos. Nos despedimos de um passado que muitas vezes não cabe mais nas roupas que usávamos, nos novos conhecimentos que aprendemos e nas novas performances do nosso corpo e intelecto. 

Fonte: Freepik

A saudade 

As partidas necessárias para o propósito, nos causam estranhamentos e a famosa saudade! A saudade que, para o cantor Belchior, diz que é um ‘charme brasileiro’. Eu tenho saudade dos bons momentos que tive no meu templo sagrado e acredito que você também tenha suas inúmeras saudades. 

Qual é a sua saudade hoje?

Ver +

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *